Última Atualização do site:  

07/12/2018 11:40:31

Pesquise Pelo Número da Lei

Pesquise por palavra-chave

Pesquise Pelo Ano da Lei

NOSSA HISTÓRIA
 
TUNEIRAS DO OESTE

Tuneiras do Oeste antes de ser colonizado já era frequentado por tropeiros deste o início do século XX em razão do município ser cortado pela famosa estrada boiadeira, a qual até hoje não foi asfaltada. Na década de quarenta iniciou-se a colonização através de títulos de terras concedidos pelo Estado do Paraná e muitos paranaenses da região sul do Estado emigraram para Tuneiras, desbravando a floresta. A empresa Companhia Melhoramentos Norte do Paraná passou a colonizar parte considerável do município, tanto da zona rural como da zona urbana.

A Estrada Boiadeira dividia as terras colonizadas pelo Estado do Paraná daquelas colonizadas pela empresa citada. A partir da década de cinquenta a colonização se intensificou drasticamente, com emigrantes vindos dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e, ainda, de vários Estados do Nordeste. A economia se baseava na extração da madeira e cultura do café e o município encontrou seu auge na década de sessenta, quando chegou a ter 40.000 habitantes, quase todos morando na zona rural. A partir da década de setenta veio a decadência. A exploração de madeira já havia perdido força e um intenso inverno arrasou a lavoura cafeeira. Tuneiras, então, deixou de receber emigrantes e passou a perder população. Os tuneirenses iam embora principalmente para as cidades de São Paulo e Curitiba. Na década de oitenta os tuneirenses passaram a desbravar os estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia, tendo em vista o alto valor das terras tuneirenses e o baixo preço da terra naqueles Estados, bem como o incentivo governamental para que fossem colonizados. Assim, os tuneirenses vendiam suas pequenas propriedades rurais e compravam áreas maiores naqueles Estados.

Na década de noventa passaram a se mudar para Curitiba. E assim a população reduziu-se para menos de 8.000 habitantes. A falta de opção de emprego de qualidade para a população continua a expulsar os jovens tuneirenses para outros centros urbanos, até mesmo para cidades próximas como Tapejara, Cianorte e Maringá. Tudo isso é resultado de uma falta de visão das próprias pessoas que colonizaram o município, pois, se desde o início da povoação tivessem pensado em ali se instalar e permanecer, construindo uma sociedade ideal e voltada para o bem estar e o futuro da população, com uma visão empreendedora e produtiva, talvez existisse uma sociedade mais complexa e competitiva, a qual teria grandes possibilidades de prosperar, a exemplo de cidades como Cianorte, entre outras. Importante anotar que o decréscimo populacional ocorrido em Tuneiras também se abateu sobre outros quarenta municípios paranaenses, e em todos se observa um ponto em comum: os colonizadores teriam potencial para fazer do município respectivo um lugar melhor, mas não souberam canalizar suas forças no momento oportuno e o município acabou sendo superado por muitos outros, a exemplo do que ocorre com muitas empresas do ramo privado.

 

 
 
 

Horário de Atendimento: Segunda a sexta - Das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00

Av. Rio de Janeiro, 273 - Centro

CEP: 87450-000 - TUNEIRAS DO OESTE - Paraná

(44) 3653-1109

camaramuni@brturbo.com.br